Mostra-nos o Pai – Paulo Junior - Chamado ao Evangelho

Recentes

colocar adsense (apagado)

quarta-feira, 18 de novembro de 2015

Mostra-nos o Pai – Paulo Junior

Disse-lhe Filipe: Senhor, mostra-nos o Pai, o que nos basta.
João 14:8
Filipe foi advertido pelo nosso Senhor Jesus Cristo por ter feito essa declaração: “Senhor, mostra-nos o Pai”. Por qual motivo? Porque sua ignorância e cegueira não puderam entender que Deus estava presente no meio deles na forma do Seu Filho Jesus!
Entretanto, devemos parar e olhar com atenção para o pedido de Filipe, que revela algo muito gracioso! Filipe estava mostrando qual era o seu grande desejo, seu anseio, sua grande ambição: “Disse-lhe Filipe: Senhor, mostra-nos o Pai, o que nos basta”. Ele estava dizendo: “Mestre, revela-me o Pai, leve-me até Deus, me aproxime d’Ele, pois isso é suficiente”. Filipe estava demostrando seu desejo ardente de conhecer mais a Deus; estava desvelando todo seu coração! Para ele, Deus era tudo que queria, tudo que possuía, nada mais nessa terra importava a não ser conhecer o Pai:  “Mostra-nos o Pai, o que nos basta”.
Querido irmão, não incorramos no erro de Filipe, pois: “Quem me vê a mim vê o Pai” (João 14:9). A revelação máxima do Pai – o Senhor Deus – está presente na encarnação do Seu Filho Jesus. Jesus é Deus! Todavia, tenhamos o mesmo sentimento e o mesmo desejo de Filipe: “Mostra-nos o Pai, o que nos basta”. Que Deus nos seja suficiente, que não tenhamos maior anseio nesta vida do que conhecer a Cristo, amá-lo, obedecê-lo, honrá-lo.
Ah, quem dera o Pai se revelasse a nós com mais glória! Ah, quem dera Ele sussurrasse seus segredos aos nossos ouvidos! Quiçá Ele andasse conosco, como fez com Enoque e Noé! Ah, querido irmão, oremos para que um dia Ele nos trate face a face como fez com o saudoso Moisés! Ah, Senhor… Ah, Senhor: “Mostra-nos o Pai, e isso nos basta”! Sim, isso nos basta!
No amor de Cristo,
Paulo Junior

Nenhum comentário:

Postar um comentário