Um Sacrifício Santo a Deus, por Paul Washer - Chamado ao Evangelho

Recentes

colocar adsense (apagado)

sexta-feira, 7 de agosto de 2015

Um Sacrifício Santo a Deus, por Paul Washer

Um Sacrifício Santo a Deus, por Paul Washer
Romanos 12:1-2: “Rogo-vos, pois, irmãos, pela compaixão de Deus, que apresenteis os vossos corpos em sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional. E não sede conformados com este mundo, mas sede transformados pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus”.
• Nossa motivação pela maneira em que vivemos vem do que Deus fez por nós em Cristo.

• “Apresenteis os vossos corpos em sacrifício vivo, santo”. No grego, a palavra “apresenteis” não está no presente. Indica uma ideia “de uma vez por todas, faça isso!”. Decida.

• E Paulo insiste: “apresenteis os vossos corpos”, agora indicando que é muito importante usar o termo “corpos” e não o termo “coração”.

• Duas ideias em “sacrifício vivo”.

• Não a aparência. Você sabe, todo rei durante a história aprendeu, e os padres católicos fazem a mesma coisa. Que para realmente surpreender as pessoas, você coloca uma capa. Você vai brilhar com uma capa e todas essas glórias feitas por mãos de homem. E você se veste para se fazer apresentável, melhor do que realmente você é. Deus é o único Rei que não faz isso. Ele se veste em Si mesmo. É Seu caráter, Sua glória. É da mesma forma com uma pessoa.

• Paulo diz não apenas um “sacrifício vivo”, mas um “sacrifício santo”.

• Santidade: “cortar” para servir, “cortar” do resto e mover para o outro lado, “separar”.

• Se nós somos santos, o que isso significa? Isso significa que Deus é supremo. Realmente supremo. Não apenas em nossas músicas, não apenas em nosso coração, mas em nossas ações, demonstramos Deus como um Ser supremo e que não há quem se compare a Ele, absolutamente. Lembra de Jesus, nas bem-aventuranças no Sermão da Montanha? O que Ele disse? “Bem aventurados os puros de coração”. A maioria das pessoas quando ouvem a palavra “puro” pensam em “muito limpo”. A palavra na verdade se refere a “não misturado”. Uma boa maneira de colocar isso é: “Bem aventurados os que não são leais a outras coisas”. Que verdadeiramente reconhecem a supremacia de Deus, e nada compete com isso.

• Deus faz tudo para a Sua glória.

• Deus demonstra Sua graça ao dar a Si mesmo ao Seu Povo: Ele é a melhor coisa que pode dar ao Seu povo. Então quando Ele glorifica a Si mesmo, quando Ele faz tudo para Sua própria glória, quando Ele orquestra o mundo inteiro para que Sua glória seja conhecida, Ele está dando ao povo o melhor presente possível: Ele mesmo.

• Para nós, ser “santo” não significa primeiramente que nós estamos evitando o pecado. Isso é só uma parte. O que significa, primeiramente, é isto: que nós verdadeiramente reconhecemos que Deus é supremo!

• Toda parte da minha vida deve ser para Ele. Há santidade. Um homem separado por causa da supremacia de Deus. Muitas pessoas dizer: “Mantenha Deus em primeiro lugar na sua vida”. Isso não é bíblico. Deus disse: “Vocês não terão outros deuses além de Mim”. Nem além de Mim, nem ao Meu lado, nem atrás de Mim. Deus não é o primeiro numa lista de coisas. Deus é o primeiro, segundo, terceiro, quarto, quinto [...] décimo! Ele é tudo.

• Ser santo é ser um homem entregue a Deus” VERSUS legalismo!

• Escravize-se a Cristo. Cristo não falhará com você. Ele nunca falha com ninguém.

• Para oferecer nossas vidas como um sacrifício a Deus, Paulo diz: “Um sacrifício vivo, um sacrifício santo e um sacrifício agradável”. Um sacrifício agradável quer dizer um sacrifício aceitável.

• Você vai viver para agradar a quem?

• Então, se quisermos dar nossas vidas como sacrifício para Deus, se quisermos ser agradáveis, devemos fazer isto de acordo com Sua Palavra.
Que Deus nos ajude e abençoe, por, para e EM CRISTO. Amém!

Paul David Washer


Paul David Washer (nascido em 1961) é marido, pai, pastor, missionário, escritor, advogado; fundador, diretor e coordenador de Missões da “Sociedade Missionária HeartCry”, que apoia o trabalho missionário em mais de 20 países, também é pregador itinerante pela Convenção Batista do Sul. Ele frequentemente ministra na primeira Igreja Batista de Muscle Shoals (Alabama) e é um reconhecido escritor de livros como “O único Deus verdadeiro”, “Um Estudo Bíblico da Doutrina de Deus”, “A Verdade Sobre o Homem” e “O Poder e a Mensagem do Evangelho”. E de pregações como “Pregação Chocante”, “10 Acusações contra a Igreja Moderna”, “Verdadeiro Evangelho” e “As Maiores Palavras das Escrituras” e muitas outras pregações evangélicas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário